FOTO: MELQUI LIMA
Um aumento salarial proposto por vereadores foi cancelado por liminar, após uma ação protocolada pela senhora Margarida Ramos do Nascimento, em Santa Cruz do Capibaribe.

Moacir Ribeiro da Silva Júnior, jurista santa-cruzense foi a autoridade que acatou o pedido de suspensão do aumento. É provável que os legisladores recorram da decisão.

Caso não houvesse o impedimento, os vereadores ganhariam R$ 9.800 mensalmente. Cada representante legislativo recebe atualmente R$ 8.000, fator que revolta cidadãos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário