FOTO: ALÍRIO LUCAS
Epidemiologistas e representantes da Secretaria de Estado de Saúde (SES) registraram oficialmente 44 mortes por recente contaminação de febre amarela, em Minas Gerais

Há ainda outros 72 falecimentos suspeitos, que estão sendo analisados na federação. O surto da doença tido como um dos piores concentra-se em municípios da região central.

Doses de medicamentos imunizadores da infecção estão sendo insuficientes para suprir a demanda na localidade em risco. Pouco a pouco o surto avança para as demais regiões.

A imagem postada em nosso blog é do repórter e fotógrafo Alírio Lucas, Jornal O Globo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário