Cerca de 75 mil pessoas portadoras de transtornos mentais poderão em breve receber o direito por lei de comprar armas de fogo, com um decreto dos senadores americanos.

O G1 informou que uma medida protocolada pelo ex-presidente Barack Obama - a qual proibia a venda de armamentos para pessoas com problemas emocionais; foi derrubada.

Com a suspensão da proibição, boa parte da sociedade estadunidense se preocupa com a hipótese de eventuais incidentes. A liberação deverá ser sancionada por Donald Trump.

Mike Pence acompanha a tramitação. Ele é o vice-presidente do país gestor no Senado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário