Conservador fanático contra a corrupção e crimes associados ao tráfico de drogas, o presidente Rodrigo Duterte foi acusado de ter dinheiro não declarado nas Filipinas, Ásia.

De acordo com informações do periódico moçambicano Jornal de Notícias, o governante asiático foi denunciado por um senador de possuir poderes aquisitivos sem declarações.

Antônio Trillanes que é crítico ferrenho do gestor nacional, foi o autor da denúncia que mobilizou os tabloides de notícias. Ele chegou a questionar as procedências do dinheiro.

A Informação da forte acusação é da Agência de Notícias Internacionais Espanhola (EFE).

Nenhum comentário:

Postar um comentário