Uma pedido oficial de demissão escrito pelo ministro das Relações Exteriores, José Serra; foi entregue ao presidente Michel Temer (PMDB), na noite desta quarta-feira (22).

Um problema na coluna cervical foi o motivo da decisão, segundo assessores do ministro e senador licenciado de São Paulo, pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).

Como houveram recomendações médicas para evitar voos e cansativas jornadas de trabalho, José Serra retornará ao antigo cargo no Congresso Federal, em Brasília (DF).

Logo outro nome deve ser anunciado para chefiar o Ministério das Relações Exteriores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário