Internada desde o último dia 24 de janeiro, a ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, 66 anos, entrou em estado de morte cerebral nesta sexta-feira (3), em São Paulo.

Boletins médicos do Hospital Sírio-Libanês, informaram que a mulher do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), não registrou fluxo sanguíneo craniano nesta madrugada.

Fumante, hipertensa e sedentária, ela foi hospitalizada para tratar um recente Acidente Vascular Cerebral Hemorrágico, decorrente de complicações por Aneurisma Encefálico.

Marisa Letícia Lula da Silva nasceu 1950 e desde 1974 era casada com o ex-chefe de estado. Ela era investigada por possíveis envolvimentos com escândalos de corrupção.

Depois da doação dos órgãos, o corpo vai ser cremado, em São Bernardo do Campo (SP).

Nenhum comentário:

Postar um comentário