Com a redução hídrica nos reservatórios por consequência da estiagem, o racionamento de água será ampliado na cidade de Santa Cruz do Capibaribe, Agreste Pernambucano.

Um cronograma publicado recentemente por dirigentes da Companhia Pernambucana de Saneamento (COMPESA), propõe dois dias de abastecimento para quatro dos 30 bairros.

Agora o município que continua sem receber água por 28 dias, terá apenas cerca de 13% da população contemplada com o precioso líquido. A notícia foi debatida em telejornais.

Em possibilidade de catástrofe hídrica, políticos oposicionistas e situacionistas lutam junto aos governantes estaduais e federais para atender os 100 mil habitantes da cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário