O prefeito Edson Vieira (PSDB) foi acusado de cometer supostas irregularidades numa reunião na Câmara Municipal, em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste Pernambucano.

O gestor que preside o Consórcio Público Intermunicipal do Agreste Pernambucano e Fronteiras (CONIAPE), recebeu acusações do vereador oposicionista Ernesto Maia (PT).

De acordo com o legislador municipal, o prefeito teria cometido as infrações por supostamente não confirmar alguns protocolos no consórcio na Câmara dos Vereadores.

Ele concluiu que a eleição do administrador é nula. Em participação ao programa Rádio Debate, da Rádio Polo FM; a vereadora Jéssyca Cavalcante (PTC) defendeu o prefeito.

Ela relatou que protocolos de intensão foram apresentados ao legislativo e estão em vigor nos dias atuais, pois o regimento dos mesmos não apresenta prazos de validade.

A polêmica com os debates acirra os ânimos dos bastidores da política santa-cruzense.

Nenhum comentário:

Postar um comentário