Uma representação contra contra a prefeita Ana Célia (PSB), foi demandada pelo vereador Josivaldo Vavá (PDT), no Ministério Público Estadual, em Surubim, no Agreste.

De acordo com informações do Blog do Alberto Cassiano, o representante legislativo alegou na denúncia que a gestora gastou R$ 11 milhões, em apenas 40 dias de governo.

O político oposicionista relatou que houve dispensas de licitação por parte da prefeita para driblar a legislação, justificando estado de calamidade, o qual não existe na cidade.

A distribuição dos orçamentos também apresentou aspectos suspeitos, segundo o vereador. Ana Célia não se manifestou publicamente sobre as acusações apresentadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário