Durante gravações para campanhas do partido político Rede Sustentabilidade (REDE), a ex-senadora Marina Silva que preside o aglomerado, criticou as siglas partidárias do país.

"O Partido dos Trabalhadores (PT), Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) e Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) tentam barrar ações da Lava Jato".

As declarações acima feitas pela partidária repercutiram na imprensa. Ela insinuou a indiretamente que as aglomerações trabalham unidas para "ofuscar" crimes financeiros.

Marina Silva completou dizendo que as agremiações nunca se uniram em favor da nação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário