FOTO: AGÊNCIA BRASIL
Milhões de cidadãos brasileiros apoiados por instituições públicas e privadas, sindicados e organizações políticas de oposição podem paralisar o país na próxima sexta-feira (28).

Cálculos feitos por matemáticos e cientistas sociais estão prevendo tal possibilidade, em virtude da desaprovação relacionada ao processo de votação da Reforma da Previdência.

Católicos, evangélicos, integrantes da classe operária e agrária, além de funcionários do transporte de mercadorias e passageiros ameaçam parar suas atividades contra o pleito.

Dentre as propostas em questão, trabalhadores de todas as regiões já rejeitaram o aumento no período de contribuição previdenciária de 49 anos e redução nas pensões.

Outro ponto bastante questionado pelos brasileiros é a proposta reguladora do Governo Federal que indica a idade de 65 anos como mínima para a aquisição da aposentadoria. 

Quase todas as capitais estaduais estão aderindo ao manifesto de greve contra a pauta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário