Um disparo acidental com uma espingarda artesanal, quase acabou com uma criança morta recentemente em uma comunidade rural de Panelas, no Agreste Pernambucano.

Informações coletadas por autoridades dão conta que um garoto de 13 anos, caçava usando a arma do pai quando a irmã foi atingida ao surgir repentinamente na localidade.

Ferida na região da face, a garotinha foi encaminhada ao Hospital Regional do Agreste (HRA), em Caruaru e em seguida transferida para o Hospital da Restauração, no Recife.

O dono da arma foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo ao ser autuado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário