CORPO DE CRAQUE DESAPARECE DE CEMITÉRIO CARIOCA


Uma notícia bombástica publicada durante esta quarta-feira (31) pelo periódico carioca Jornal Extra, abalou os amantes do futebol, em especial os admiradores do jogador "Mané Garrincha" (1933-1983).

Enterrado desde 24 de janeiro de 1983, no Cemitério de Raiz da Serra (RJ); o corpo do atleta bicampeão internacional em 1958 e 1962, desapareceu misteriosamente da sepultura de familiares.

O desaparecimento foi notado recentemente quando administradores do campo santo descobriram que os restos mortais do craque brasileiro teriam sido exumados, para sepultar um parente no local.

Contudo a documentação sobre a retirada do corpo do túmulo não foi localizada por integrantes da Prefeitura de Magé. Uma investigação sobre o escândalo deve ser instaurada por familiares na justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário