Uma sequência de protestos e conflitos violentos entre trabalhadores e as autoridades acontece com frequência, na Região Metropolitana de Johanesburgo, na África do Sul.

Os manifestantes bloquearam estradas queimando barreiras de pneus solicitam projetos voltados para políticas de habitação, segundo a Agência de Notícias de Portugal (LUSA).

As classes sociais que aderiram ao movimento também cobram outros benefícios sociais. Policiais dispararam balas de borracha logo após o registro de saques em algumas lojas.

Dezenas de suspeitos foram capturados e encaminhados para as instituições prisionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário