IÊMEN REGISTRA 789 MORTES POR CÓLERA

FOTO: REUTERS AGENCE
Um aumento catastrófico no número de contaminações por cólera, continua superlotando diversos hospitais e causando o falecimento de centenas de pessoas, na República do Iêmen, no Oriente Médio.

Informações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e repercutidas pela Agência de Notícias Internacional Espanhola (EFE), o recente surto acometeu fatalmente cerca de 789 cidadãos iemenitas.

Especialistas acreditam que a doença infecciosa pode contaminar aproximadamente 300 mil pessoas, em seis meses. Hoje mais de 100 mil casos suspeitos da enfermidade estão em análise no país árabe.

Uma reunião sobre o problema foi realizada nesta quinta-feira (8), em Genebra, na Suíça. Outro agravante é a diminuição de hospitais no território, em virtude de uma guerra política generalizada. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário