GASTOS HOSPITALARES SÃO QUESTIONADOS POR POLÍTICO


Um questionamento sobre orçamentos hospitalares foi feito vereador oposicionista Marlos da Cohab (PTN), durante uma reunião ordinária nesta quinta-feira (2), em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste.

O político disse que em 120 dias, as demandas da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) somaram R$ 2.300.000. Já o Hospital Municipal Raimundo Francelino Aragão (HMRFA) contabilizou R$ 1.900.000.

Comparando os atendimentos das unidades de saúde, o partidário questionou o porquê do dinheiro usado no hospital - com menor proporção de urgências; ser parecido ao da unidade de grande porte.

O pronunciamento do oposicionista repercutiu em periódicos online e programas de rádio da cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário