CRIANÇAS AFRICANAS MORRENDO COM DESNUTRIÇÃO


Um estudo ministrado por membros do Programa Alimentar Mundial (PAM), detectou um grande índice de mortes infantis ligado com quadros de desnutrição em Moçambique, Leste do Continente Africano.

Dados obtidos através de levantamentos clínicos realizados em vários hospitais do país africano, comprovaram que 26% de crianças moçambicanas falecidas entram em óbito com falta de nutrientes.

Outro ponto negativo é a comprovação que 45,2% dos jovens acometidos com o problema recebem tratamento médico adequado. O governo moçambicano gasta bastante contra a desnutrição infantil.

A ausência de saneamento sanitário e exposição às doenças infecciosas aumentam as contaminações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário