CHIKUNGUNYA CONTINUA CAUSANDO FALECIMENTOS


Um boletim emitido recentemente por representantes da Secretaria Estadual de Saúde, apontou que somente este ano, mais de 130 pessoas faleceram decorrentes de chikungunya, no Ceará.

Informações postadas por repórteres do G1 Ceará, dão conta que as mortes foram contabilizadas em um estudo epidemiológico. Cerca de 105 pessoas já morreram, em Fortaleza.

Outros pacientes que não resistiram a doença transmitido pelo mosquito Aedes aegypt, morreram em hospitais metropolitanos. Casos de dengue e zika também lotam as emergências.

Desde janeiro, mais de 96 mil casos de chikungunya foram detectados por clínicos hospitalares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário