DOENÇA ESTRANHA PREOCUPA AUTORIDADES, EM IBIMIRIM

Um conjunto de medidas cautelares relacionadas ao abastecimento de hídrico foi recomendado pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE), para o Poder Público Municipal de Ibimirim, no Sertão.

As normas impostas recentemente tentam impedir que uma doença de veiculação hídrica - detectada no município sertanejo entre janeiro e fevereiro de 2018; continue atingindo todos os cidadãos locais.

Investigações minuciosas identificaram que provavelmente, contaminações com a enfermidade tenha acometido a cidade através de água contaminada com alguma substância prejudicial ao ser humano.

De agora em diante, relatórios mensais sobre a qualidade da água distribuída para habitações residenciais e prédios públicos, deverão ser apresentados mensalmente aos promotores da comarca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário