QUENIANOS DESABRIGADOS COM RECENTES ENCHENTES

Um desastre humanitário provocado por recentes chuvas registradas em diversos territórios, culminou com o desalojamento de aproximadamente 200 mil pessoas, em Tana River, Quênia, Leste da África.

De acordo com uma reportagem de Joseph Akwiri, correspondente da Reuters Agence, a classificação relacionada aos estragos causados pelas inundações foi publicada oficialmente pela Cruz Vermelha.

Falecimentos humanos, destruição de moradias e perdas agropecuárias assolaram a nação africana por cerca de 20 dias. Em algumas localidades estradas continuam bloqueadas com barro dos deslizamentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário